Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

ENTRE ASPAS >

Cresce campanha criada por jornalista

20/10/2009 na edição 560

O jornalista britânico Adrian Sudbury morreu em agosto do ano passado, aos 27 anos, vítima de leucemia. Adrian lutou por 20 meses contra a doença, e transformou seu problema pessoal em uma campanha em prol da doação de sangue e medula óssea.

O jornalista criou um blog, voltado em grande parte ao público jovem, e começou a ganhar fãs, impressionados com sua força e determinação. Três meses antes de morrer, Adrian teve um encontro com o primeiro-ministro Gordon Brown, que prometeu verba para um projeto piloto de conscientização sobre doação de órgãos em escolas britânicas. Mais de três mil alunos de 16 a 18 anos já participaram das palestras de voluntários conhecidos como ‘Exército de Adrian’. ‘A avaliação é que treinar estes voluntários e levá-los às escolas está fazendo uma grande diferença’, afirma o secretário de Educação, Ed Balls, que promete aumentar o financiamento para o projeto, hoje restrito às áreas de South Yorkshire e Bristol.

A ideia é tornar a campanha nacional. Uma empresa privada também injetou dinheiro no projeto, o que garante sua existência até junho de 2010. ‘Quando Adrian morreu tragicamente, há um ano, ele dizia, em seus dias finais, para que garantíssemos que sua morte fizesse a diferença e ajudasse a salvar vidas no país’, afirmou Balls em uma palestra apresentada em uma escola pelo pai do jornalista, Keith. ‘E no fim das contas [a campanha] funciona, então vamos garantir que ela se torne nacional’. Adrian, que trabalhava para o jornal Huddersfield Examiner, foi diagnosticado com dois tipos de leucemia. Ele chegou a passar, sem sucesso, por um transplante de medula. Informações da BBC News [16/10/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem