Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

MONITOR DA IMPRENSA > REVISÃO NA BBC

Diretor nega corte de funcionários

16/11/2004 na edição 303

O diretor-geral da BBC, Mark Thompson, negou os boatos de que até metade dos 28 mil funcionários da companhia pública britânica podem ser demitidos para que ela esteja apta a renovar sua concessão de financiamento em 2006, como reporta The Guardian [10/11/04].

Falando publicamente pela primeira vez sobre a revisão dos gastos da BBC, Thompson afirmou que ela não visa diminuir os serviços da emissora, mas melhorá-los. ‘Inevitavelmente, o número de funcionários é um dos itens a que estamos atentos no contexto do Value for Money (programa de revisão dos gastos da emissora), mas a idéia de que alguém em alguma parte da BBC esteja seriamente sugerindo que metade seja dispensada é simplesmente absurda’, disse.

Espera-se que no próximo mês sejam apresentados os resultados de quatro processos de análise interna da BBC: um sobre corte de gastos, um sobre a transferência de unidades de produção para o interior, um sobre as atividades comerciais da empresa e outro sobre o processo de produção. Impacientes com a falta de informação a respeito, sindicatos esperam que pelo menos seis mil empregos sejam eliminados, a maioria em departamentos que produzem programas de entretenimento

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem