Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > JORNALISMO

Diretora da FENAJ é nova secretária executiva da FIJ

09/03/2011 na edição 632


Federação Nacional dos Jornalistas, 3/3


Diretora da FENAJ é a nova secretária executiva da FIJ


Diretora do Departamento de Relações Institucionais da FENAJ, a jornalista Beth Costa é a nova secretária executiva da Federação Internacional dos Jornalistas. Sua escolha foi feita por um grupo de entrevistadores, em Bruxelas (Bélgica) entre os dias 20 e 22 de fevereiro, após processo seletivo que envolveu 41 candidatos de diversos países. A escolha será formalmente ratificada pelo Comitê Executivo da FIJ, em Bruxelas, nos próximos dias 19 e 20 de março.


Especialista em noticiário internacional, Beth começou a carreira na TV Cultura de São Paulo e trabalhou por longo tempo na Central Globo de Jornalismo. Por dois mandatos esteve na presidência do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, coordenou o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, a AR LIVRE – Associação das Rádios Comunitárias do Rio de Janeiro e a TV Comunitária na TV a Cabo do Rio de Janeiro.


Presidente da FENAJ de 1998 até agosto de 2004, Beth Costa é uma das representantes da América Latina na estrutura diretiva da FIJ. Ela exercerá a nova função em Bruxelas, onde está sediada a FIJ.


Segundo o presidente da FENAJ e membro do Comitê Executivo da FIJ, Celso Schröder, além de ter se destacado por seu desempenho sindical na entidade, a jornalista brasileira foi selecionada por seu currículo profissional. ‘O processo de seleção foi longo, pois dos 41 candidatos, selecionou-se primeiramente 10 e, no processo final, sobraram quatro. E em todos os momentos, dentro dos critérios estabelecidos, ela sempre alcançou a maior pontuação’, conta.


Para Celso Schröder, na escolha de Beth Costa pesou favoravelmente, também, seu alinhamento às mudanças de valores que vêm ocorrendo nas instituições sindicais internacionais, as manifestações de apoio que entidades como CUT, FENAJ, Sindicatos e a Federação dos Jornalistas de Língua Portuguesa (FJLP) enviaram à Comissão composta pelo Comitê Executivo na FIJ e sua defesa de que o papel da Secretaria Executiva da Federação, diferentemente do que ocorria anteriormente, deve ser o de desenvolver articulações, assessoramento e implantação das resoluções das instâncias diretivas da entidade subordinadas à presidência, ao Comitê Executivo e ao Congresso Internacional dos Jornalistas.


Formação internacional


Em parceria com a Federação dos Jornalistas da América Latina e Caribe (FEPALC), a FIJ promoveu, entre os dias 23 e 26 de fevereiro, em Caracas, na Venezuela, nova etapa de seu Programa de Formação e Modernização de Estruturas Sindicais (FORMES), com a participação de jornalistas representantes de 14 países. Claylson Martins, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará, e Douglas Dantas, diretor do Sindicato dos Jornalistas do Espírito Santo, representaram o movimento sindical dos jornalistas brasileiros.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem