Domingo, 18 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Dois jornalistas da AP feridos em explosão

12/08/2009 na edição 550

Dois funcionários da agência Associated Press que acompanhavam soldados americanos no sul do Afeganistão ficaram feridos após a explosão de uma bomba na terça-feira [11/8]. O veículo em que estavam o fotógrafo espanhol Emilio Morenatti e o cinegrafista indonésio Andi Jatmiko passou por cima de uma bomba colocada em uma área deserta, próxima à fronteira com o Paquistão.


Os dois homens foram levados imediatamente para um hospital militar em Kandahar. Jatmiko sofreu ferimentos nas pernas e teve duas costelas quebradas. Morenatti teve uma perna gravemente ferida e precisou ser operado para a amputação do pé. O espanhol, de 40 anos, já trabalhou para a AP de Israel e territórios palestinos. Jatmiko, de 44, é funcionário da agência na Ásia há mais de 10 anos.


Segundo Tom Curley, presidente da AP, os ferimentos sofridos pelos jornalistas refletem os riscos que profissionais de imprensa correm todos os dias quando trabalham na linha de frente das regiões mais perigosas do mundo. Pelo menos 18 jornalistas foram mortos no Afeganistão entre 1992 e 2008, tornando-o o 11º mais perigoso país para o trabalho de equipes jornalísticas, de acordo com dados do Comitê para a Proteção dos Jornalistas. Informações da Reuters e da AP [12/8/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem