Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

MONITOR DA IMPRENSA > CONVENÇÃO DEMOCRATA

E tudo terminou em balões

03/08/2004 na edição 288

No encerramento da Convenção, os democratas tiveram um inusitado problema com… balões. Após o esperado discurso de John Kerry, a programação previa uma chuva de nada menos do que 100 mil balões vermelhos, azuis e brancos. Mas, ao fim do discurso, poucos balões caíram. O resto foi caindo aos poucos.

Enquanto o produtor do evento Don Mischer gritava exaustivamente para que os balões caíssem, era filmado – sem saber – pela CNN. ‘Eu não vejo nada acontecendo’, dizia, irritado. O público presente ao Fleet Center não notou nada de errado, e viu muitos balões, por sinal. Mesmo assim, longos minutos depois, Mischer ainda berrava diante das câmeras que algo estava errado. Finalmente, todos os balões caíram, e o momento quase cômico do produtor na TV chegou ao fim.

Stephen Jewett, um dos organizadores da Convenção, disse à AP [30/7/4] que não houve nenhum mal funcionamento na queda de balões. Segundo ele, os balões foram monitorados para caírem devagar e aos poucos, para ‘fazer um longo final, que foi ótimo’. O desespero de Mischer – transmitido para todo o país – foi em vão.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem