Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

MONITOR DA IMPRENSA > JESUS NA PLAYBOY

Edição portuguesa fechada após homenagem a Saramago

09/07/2010 na edição 597

O escritor José Saramago continua causando polêmica em Portugal, mesmo após sua morte, no mês passado. Depois de publicar um ensaio fotográfico em homenagem à obra O Evangelho Segundo Jesus Cristo, em que Jesus era representado entre modelos nuas, a revista Playboy deixará de ser publicada no país. A edição portuguesa trazia uma foto de Jesus Cristo com uma mulher tatuada, que parece ter morrido em seus braços, diante de outras duas que posam como lésbicas; outra parece ser uma prostituta e uma última lê um livro. A imagem foi um tributo à controversa obra do ganhador do prêmio Nobel.


‘Não aprovamos a capa e fotos da edição de julho da Playboy Portugal. É uma quebra de nossos padrões e não teríamos permitido a publicação se tivéssemos visto com antecedência. Estamos em processo de encerrar nosso acordo com a editora portuguesa’, declarou Theresa Hennessy, vice-presidente de relações públicas da Playboy Enterprises.



O livro de Saramago é uma releitura ficcional da vida de Jesus, mostrando-o como um personagem humano, com falhas. A obra gerou controvérsia entre a Igreja Católica Romana, que acusou o autor de mostrar uma ‘visão substancialmente antirreligiosa’. Outros críticos, no entanto, classificaram o livro como um ‘trabalho profundamente filosófico, provocador e instigante’. Informações de Sara Nelson [Daily Mail, 8/7/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem