Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1054
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Editor da Wired acusado de plagiar Wikipedia

26/06/2009 na edição 543


O editor-chefe da revista de tecnologia Wired, Chris Anderson, desculpou-se esta semana por não ter citado a enciclopédia online Wikipedia em passagens do seu novo livro, chamado ironicamente de Free: The Future of a Radical Price (‘Livre: o futuro de um preço radical’, tradução livre). ‘Isto é inteiramente erro meu e será corrigido na versão digital antes de ser publicado’, afirmou.


Anderson foi acusado de plágio depois que a publicação literária Virginia Quarterly Review (VQR) notou que havia semelhanças entre verbetes da Wikipedia e trechos de uma cópia do livro obtida antes do lançamento, marcado para julho. ‘A VQR afirmou corretamente que eu não citei a Wikipedia em algumas passagens do livro’, admitiu o jornalista, alegando, no entanto, que teve a intenção de fazer diversas citações em rodapés, que caíram no processo de revisão. ‘Na maioria dos casos, eu reescrevi o texto que não foi creditado à Wikipedia, mas muito da linguagem da enciclopédia ficou. Isto é uma injustiça com os autores da Wikipedia que, em primeiro lugar, fizeram uma excelente pesquisa, e gostaria de estender uma desculpa especial a eles’.


A editora do livro, Hyperion, disse em declaração ter ficado satisfeita com a resposta de Anderson. ‘Foi um erro infeliz e estamos trabalhando com o autor para corrigi-lo tanto na versão eletrônica quanto nas futuras edições impressas’, afirmou. Informações da AFP [25/6/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem