Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1034
Menu

ENTRE ASPAS >

Editora do WSJ multada por críticas ao judiciário

20/03/2009 na edição 529

Melanie Kirkpatrick, editora do jornal Wall Street Journal, foi multada em US$ 6.600, na quinta feira (19/3) na Suprema Corte de Cingapura. Ela é acusada de publicar três artigos que teriam insultado o judiciário do país. A jornalista deverá pagar ainda US$ 10 mil em custas legais.


Melanie, que trabalha em Nova York, foi considerada responsável por permitir que os três textos em questão – dois editoriais e uma carta de um líder da oposição de Cingapura – fossem publicados na edição asiática do Journal em junho e julho de 2008. Em novembro, o tribunal já havia condenado a Dow Jones & Company, dona do jornal, a pagar US$ 30 mil em custas legais. A defesa da jornalista alegou que ela não teve a intenção ou o desejo de prejudicar qualquer instituição de Cingapura, incluindo o judiciário e seus juízes. Acusações contra outros dois editores foram retiradas depois da condenação de Melanie.


Autoridades locais já ganharam centenas de milhares de dólares em indenização por processos abertos contra críticos e publicações estrangeiras. Grupos de direitos humanos acusam o país de usar os tribunais para calar qualquer traço de oposição, mas os líderes afirmam que as ações legais são ferramentas necessárias para proteger suas reputações. Informações da AFP [19/3/09].


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem