Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > MÉXICO

Emissora de TV atacada com granada

09/01/2009 na edição 519

Homens mascarados atacaram os escritórios da emissora de TV Televisa, na cidade de Monterrey, com tiros e uma granada. O canal transmitia seu principal telejornal no momento do ataque, e o âncora anunciou o ocorrido ao vivo. Ninguém ficou ferido. Foi deixada uma mensagem alertando a Televisa sobre sua cobertura de casos de violência ligados ao narcotráfico.


Desde 2006, 15 jornalistas foram mortos no México e muitos jornais desistiram de noticiar questões ligadas aos cartéis de drogas. Acredita-se que o incidente desta semana, entretanto, seja o primeiro ataque a uma emissora televisiva no país. Dois carros pararam na frente do prédio e diversos homens com máscaras de esqui atiraram na entrada. A granada arremessada por eles explodiu em uma sala vazia. O bilhete deixado próximo ao local dizia ‘Parem de reportar apenas sobre nós, reportem sobre os líderes políticos do tráfico’, em uma suposta referência ao governo mexicano.


O presidente Felipe Calderón deu início a uma guerra contra os cartéis do México, que lucram bilhões de dólares com o tráfico de cocaína e outras drogas para os EUA. A estratégia governamental levou à intensificação da violência, com os cartéis lutando entre si e contra as autoridades de segurança. Informações da BBC News [7/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem