Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Emissoras exibem anúncio de meia hora de Obama

30/10/2008 na edição 509

Quarta-feira (29/10) foi dia de Barack Obama na TV. A seis dias da eleição, o candidato democrata à presidência dos EUA exibiu seu comercial de meia hora no horário nobre de três grandes emissoras abertas – CBS, NBC e Fox – e dos canais BET e TV One, voltados ao público negro, o hispânico Univision e o MSNBC. Estima-se que a campanha, que já arrecadou mais de US$ 600 milhões, tenha gastado cerca de US$ 5 milhões com a exibição.


O ‘infomercial’ teve tom cinematográfico, e foi produzido com a ajuda de Davis Guggenheim, diretor do filme Uma Verdade Inconveniente. O mini-documentário mostrou a biografia de Obama, listou suas propostas de governo e apresentou a história de quatro famílias americanas – a mãe de cinco filhos com as contas apertadas; o casal de aposentados em que o marido teve que voltar a trabalhar para pagar remédios; a viúva que precisa de dois empregos para sustentar os filhos; e o casal que trabalhava em uma montadora e foi demitido.


O programa teve ainda conversas do candidato com eleitores, trechos de discursos e dos debates e depoimentos de membros do partido, como os governadores de Massachusetts, Kansas, Virginia e Ohio, e figuras influentes que apóiam o democrata, como Eric Schmidt, CEO do Google. Por fim, o próprio Obama, acompanhado de seu candidato a vice, Joe Biden, apareceu ao vivo, direto da Flórida. Em nenhum momento foi feito algum ataque ao rival republicano, John McCain, ou a sua candidata a vice, Sarah Palin.


Monopólio


A agenda de Obama anda cheia nesta última semana pré-eleição. Ontem, o candidato passaria o dia entre Carolina do Norte e Flórida, daria entrevista ao âncora Charlie Gibson, da rede ABC, participaria do jornalístico-humorístico Daily Show, do apresentador John Stewart, e ainda deveria fazer campanha com Bill Clinton. Nesta quinta (30/10), ele seria entrevistado por Brian Williams, âncora do Nightly News, da NBC, e Rachel Maddow, apresentadora da MSNBC.


Em entrevista ao talk show de Jay Leno, na segunda-feira (27/10), a advogada Michelle, mulher de Obama, contou que uma das filhas do candidato – Malia, de 10 anos – reclamou quando soube do grande comercial do pai. ‘Você vai estar em toda a TV? Vai interromper minha TV?’, perguntou. Obama tranqüilizou a filha: informou que não havia comprado espaço no Disney Channel. Com informações de Jim Rutenberg [The New York Times, 29/10/08] e de Benn Feller [AP, 29/10/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem