Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Equipe mantida refém na redação

04/07/2005 na edição 336

Trinta e um funcionários do diário mexicano Noticias, no estado de Oaxaca, estão presos dentro dos escritórios do jornal desde 17/6, cercados por uma manifestação de militantes de um sindicato pró-governo. Membros da Confederação Revolucionária de Trabalhadores e Camponeses (CROC, sigla em espanhol), vinculada ao Partido Revolucionário Institucional, bloquearam os acessos às instalações do Noticias. Os militantes reclamam um aumento salarial.

O governo estadual afirma que a greve é um problema entre empregadores e funcionários, e que não irá se envolver. Mas, segundo a agência de notícias AP [28/6/05], nenhum dos cerca de 150 grevistas acampados do lado de fora do edifício do Noticias seria empregado do jornal.

De acordo com informações da organização Repórteres Sem Fronteiras [28/6], o grupo de grevistas teria feito os 31 jornalistas reféns depois que eles se recusaram a apoiar a manifestação. Outro grupo do CROC, com a ajuda de policiais, interceptou um caminhão de distribuição do jornal, em 19/6. Eles ameaçaram o motorista, roubaram as chaves do veículo e levaram milhares de cópias do Noticias para o Ministério da Justiça local. O diário é altamente crítico ao governo de Oaxaca. Um dos diretores do jornal, Ismael San Martin, disse em entrevista por telefone que a greve é uma tentativa das autoridades estaduais em silenciar o Noticias.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem