Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > IRAQUE

EUA prendem suspeito de seqüestro de Jill Carrol

26/08/2008 na edição 500

O Exército americano anunciou, no domingo (24/8), a captura de um militante da al-Qaeda acusado de planejar o seqüestro da jornalista Jill Carrol em 2006. Salim Abdallah Ashur al-Shujayri, também conhecido como Abu Uthman, seria o líder do grupo terrorista na região iraquiana de Rusafa.

A americana Jill Carrol foi capturada em Bagdá no início de janeiro de 2006, quando fazia uma reportagem, como freelancer, para o jornal Christian Science Monitor. Ela foi libertada após três meses em cativeiro. Segundo o Exército dos EUA, Uthman atuaria para outro grupo extremista quando a jornalista foi seqüestrada.

Pessoas ligadas a ele também estariam envolvidas em diversos outros seqüestros, entre eles o de um grupo de pacificadores cristãos e o da ativista social britânica Margaret Hassan, que era casada com um iraquiano. Seqüestrada em outubro de 2004, Margaret, que dirigia a organização Care International no Iraque, foi assassinada pelo captores. Ainda para os militares, Uthman é também suspeito de participar dos planos de bombardeios e ataques suicidas.

Além dele, o Exército teria capturado outro suposto militante da al-Qaeda. Ali Rash Nasir Jiyad al-Shammari, conhecido como Abu Tiba, seria ‘conselheiro sênior’ do grupo terrorista em Bagdá, ‘fornecendo diretrizes e assistência a subordinados na cidade, entre eles a Uthman’. Informações da AFP [24/8/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem