Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > AL-JAZIRA

EUA pressionam venda da ‘CNN árabe’

08/02/2005 na edição 315

Um funcionário do governo do Catar revelou a Steven R. Weisman, do New York Times [30/1/05], que os planos de venda da rede al-Jazira estão sendo acelerados por causa de pressões externas, principalmente dos EUA. O país árabe é um dos principais aliados dos americanos no Oriente Médio, mas o fato de subvencionarem este canal de TV já foi alvo de críticas do secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, da secretária de Estado, Condoleezza Rice, de seu antecessor, Colin Powell, entre outros figurões da política externa do governo Bush.

Eles acusam a emissora de transmitir mensagens inflamatórias para a população islâmica. A Jazira alcança entre 30 milhões e 50 milhões de telespectadores. O funcionário ouvido pelo Times explica que novos diretores foram contratados pela companhia para estudar qual seria a melhor forma de vendê-la, já que ela ainda é deficitária. ‘Nós realmente estamos tendo uma dor de cabeça, não só por causa dos EUA, mas também por causa de anunciantes e de outros países’, afirma ele. Do orçamento de US$ 120 milhões que teve no ano passado, pelo menos US$ 40 milhões foram desembolsados pelo emir do Catar, xeque Hamad bin Khalifa al Thani. É provável que a emissora acabe na mão de acionistas espalhados pelo mundo árabe.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem