Quarta-feira, 20 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº991
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

EUA reafirmam controle sobre a rede

12/07/2005 na edição 337

O governo americano surpreendeu o mundo da internet ao anunciar que o controle da principal estrutura de atribuição de domínios da rede (responsável pelos endereços terminados em .com) continuará sob o controle dos EUA, através da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann), entidade da indústria de informática americana. A decisão unilateral foi bem recebida pelas companhias vinculadas à internet, mas não agradou a outros países, que reivindicavam que a ONU controle essa parte da web. Entre eles estão nações censoras como China, Cuba e Arábia Saudita. Os americanos, portanto, não escondem que não querem deixar que esses países tenham poder de influência sobre os domínios que controla atualmente. Com informação da Economist [7/7/05].



Redação indiana afeta mercado britânico

O escritório da agência Reuters em Bangalore, na Índia, para onde a agência está transferindo boa parte de seu setor de informações financeiras, pisou na bola mais uma vez, influenciando o rumo do mercado britânico, opina The Guardian [5/7/05]. Algum funcionário da sucursal indiana colocou no ar antes do tempo, no dia 4/7, estudo da agência sobre o setor de serviços europeu, que só seria publicado no dia seguinte. O índice de mercado futuro dos juros britânicos caiu, pois o conteúdo publicado por engano sabidamente é usado pelo Banco da Inglaterra para definir taxas básicas de juros. A Reuters tem sido muito criticada por transferir parte de suas operações internacionais para a Índia para economizar em mão-de-obra.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem