Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

MONITOR DA IMPRENSA > RÁDIO POR SATÉLITE

Ex-executivo da Viacom aposta em nova mídia

30/11/2004 na edição 305

O ex-chefe de operações da gigante de mídia Viacom, Mel Karmazin, se juntou à rádio por satélite Sirius há duas semanas. Muitos investidores pensam que a entrada de Karmazin na Sirius é uma prova de que o rádio por satélite iria se tornar uma categoria de mídia das mais importantes, e não apenas um nicho de sucesso. A Sirius é uma rádio por assinatura que teve crescimento significativo nos últimos tempos, segundo a revista Economist [25/11/04]. Seu número de assinantes aumentou de 600 mil no fim de setembro para mais de 800 mil atualmente. Sua principal rival, a XM Satellite Radio, alcançou 2,5 milhões de assinaturas no fim de setembro.

A Sirius espera alcançar um milhão de assinantes no fim de 2004, já a XM Radio garante que em em 2010 terá 20 milhões deles. O rádio por satélite oferece música sem intervalos para anúncios, dezenas de canais especializados, alta qualidade de som e cobertura nacional. A assinatura da Sirius custa US$ 12,95 e a da XM Radio, US$ 9,99. Para ter acesso a qualquer uma das emissoras, os ouvintes precisam comprar o receptor de sinal, que custa US$ 100.

As expectativas são altas para as duas companhias, que sonham que o rádio por satélite tenha um alcance nas mesmas proporções que as televisões por satélite e à cabo tiveram. A Sirius e a XM Radio juntas chegam a valer no mercado cerca de US$ 15 bilhões, mas, também juntas, tiveram uma perda de US$ 900 milhões no ano passado. Segundo Lawrence Haverty, diretor da State Street Research de Boston (uma das maiores empresas investidoras de Wall Street), os valores que os investidores estão estabelecendo para a Sirius e a XM Radio são difíceis de ser justificados.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem