Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

MONITOR DA IMPRENSA > CASO GILLIGAN

Filme de TV mostra alteração de anotações

15/03/2005 na edição 320

The Independent [8/3/05] noticia que o Channel 4 exibirá no dia 17/3/05 um filme sobre o caso do repórter da BBC Andrew Gilligan, que insinuou no rádio que o governo britânico teria mentido sobre as armas de destruição em massa em poder de Saddam Hussein. As alegações do jornalista geraram um escândalo que envolveu o suicídio de uma de suas fonte, o cientista David Kelly, e um processo de investigação do método de trabalho na emissora pública.

Na versão dramática televisiva, Gilligan é mostrado alterando anotações numa agenda eletrônica antes de entregá-las ao juiz Lorde Hutton, que comandava a investigação sobre como a BBC permitira que fosse ao ar uma acusação daquela importância contra o governo.

O repórter nega que tenha alterado evidências entregues ao inquérito e afirma que mudou algumas anotações ao revisá-las com Kelly, para que este autorizasse sua publicação. No entanto, um especialista em computação contratado pela produção do filme concluiu que ele alterou 11 pontos de suas notas. O jornalista chegou a ser chamado por Hutton para explicar porque havia duas versões diferentes, mas o juiz encerrou o caso observando que não foi possível tirar uma conclusão sobre se Gilligan dizia a verdade.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem