Domingo, 15 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1067
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Fonte de livro desmente comentário

28/09/2004 na edição 296

Uma fonte do polêmico livro de Kitty Kelley sobre a família Bush afirmou na semana passada que seus comentários publicados no livro foram tirados de contexto. Segundo o livro, Robert Nash, do Texas, teria dito que a primeira-dama, Laura Bush, fumou e vendeu maconha em seus tempos de estudante universitária.

Nash é citado na página 575 de The Family: The Real Story of the Bush Dynasty (A Família: A verdadeira história da dinastia Bush). ‘Ela (Laura) graduou-se na Universidade Metodista em 1968 e ficou conhecida na faculdade como a garota a quem procurar para conseguir maconha. ‘Ela não apenas fumava’, diz Robert Nash, um amigo da classe de Laura, ‘como também vendia’.’, diz o trecho do livro.

Nash entrou em contato com o New York Times por e-mail depois que o jornal o citou na resenha do livro como a fonte da passagem sobre drogas. Em uma troca de e-mails com um repórter do Times, o ex-colega de faculdade da primeira-dama não negou as afirmações atribuídas a ele, mas disse que, durante a entrevista com Kitty Kelley, contou a ela que o suposto uso e venda de drogas de Laura era apenas um boato. ‘Com o claro entendimento de que estávamos conversando em off‘, escreveu Nash em um dos e-mails, ‘debatemos diversos assuntos’. ‘Além do mais, eu deixei perfeitamente claro que não tinha nenhuma informação comprovada, e que se ela quisesse tentar investigar os boatos, teria que procurar em outro lugar’. Informações de Edward Wyatt [The New York Times, 22/9/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem