Segunda-feira, 25 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > NAMÍBIA

Fotógrafo é preso por seguir Angelina Jolie

24/05/2006 na edição 382

Um juiz da Namíbia retirou, na segunda-feira (22/5), as acusações contra o fotógrafo sul-africano John Liebenberg, preso por violação do direito de propriedade. Liebenberg foi detido na sexta-feira (19/5) à tarde, depois de ir para um hospital particular na cidade de Walvis Bay, onde supôs que a atriz Angelina Jolie daria à luz. Para conseguir um ponto privilegiado a fim de tirar fotos da atriz e do pai do bebê, o também ator Brad Pitt, o fotógrafo teria invadido o pátio de uma delegacia.


Depois de ficar três dias em uma cela comunitária, o fotógrafo foi libertado e recebeu apenas uma advertência e uma multa. ‘Pode ser que você seja um estrangeiro e que tenha sido preso por invasão, mas por que é necessário ficar em custódia durante o fim de semana? Não entendo isso. Parece desnecessário’, questionou o magistrado Sarel Jacobs durante o interrogatório. A acusação pediu uma multa de US$ 152 ou um ano na prisão. O advogado de Liebenberg optou pela multa.


Alerta


O fotógrafo, conhecido da equipe de segurança do casal famoso, afirmou que a polícia quis usá-lo como um exemplo para alertar outros profissionais. ‘Os policiais provavelmente queriam um exemplo para os paparazzi. Mas nós não fomos desrespeitosos com a polícia’, afirmou Liebenberg.


Pitt e Angelina vêm atraindo a atenção de fotógrafos e jornalistas desde a chegada na Namíbia, há seis semanas – local escolhido para que a atriz tenha seu bebê fora dos olhares curiosos de Hollywood. Informações de Gordon Bell [Reuters, 22/5/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem