Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > JORNALISMO DIGITAL

Gates especula sobre o futuro dos jornais

31/10/2005 na edição 353

Em entrevista ao jornal francês Le Figaro, o empresário Bill Gates, co-fundador da Microsoft, fez uma aposta no jornalismo digital. Para ele, em cinco anos, 40 a 50% das pessoas deixarão de lado os jornais impressos e escolherão ler as notícias de seu interesse na rede. Por isso, para manter o índice de leitores, os jornais vão ter de cuidar cada vez mais da qualidade e da navegabilidade de seus sítios. ‘Metade do que leio eu o faço na internet: Wall Street Journal, New York Times, Economist. Eu leio todos os jornais online, pois os artigos são atualizados, com vídeos, links, etc. Quando eu tenho que ler um longo artigo, eu faço um download dele no meu Tablet PC’, disse Gates. Em relação aos livros, o empresário também acredita que o futuro está em sua distribuição no formato digital, pelo menos em relação a enciclopédias e documentos profissionais.

Sobre o rival Google, Gates afirmou que nos últimos trinta anos a Microsoft enfrentou uma série de concorrentes. ‘O Google é nosso principal concorrente em relação à internet, mas há muitos outros, como Sony no mercado de videogames, Nokia na telefonia, etc. Uma de nossas vantagens é que nós somos capazes de integrar nossas inovações em vários campos. Um de nossos maiores objetivos é fornecer ferramentas de busca na internet melhores do que as do Google’, afirmou Gates. Informações de Nicola Barré e Rémi Godeau [Le Figaro, 26/10/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem