Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

Google pode ter violado lei de venda de ações

17/08/2004 na edição 290

No dia em que abriu sua oferta pública inicial de ações, 13/8/04, no valor de US$ 3,3 bilhões, a companhia Google declarou à Securities and Exchange Comission americana (SEC – o equivalente à Comissão de Valores Mobiliários brasileira) que pode ter violado as regras de mercado dos EUA por causa de uma matéria da revista Playboy baseada em entrevista com seus fundadores, Larry Page e Sergey Brin. Publicada na edição de setembro, a reportagem pode ter quebrado o chamado ‘período silencioso’, que limita a exposição de executivos de uma empresa logo após sua entrada no mercado de ações. A Google afirma que considera não haver violado a lei. Caso a SEC considere que sim, a companhia pode ser obrigada a recomprar as ações vendidas num período de até um ano. As informações são da Reuters [13/8/04].



Fusão cria maior agência russa de publicidade

O grupo de publicidade WPP irá se unir em uma joint venture com o grupo de mídia Video International para fundar a maior agência de publicidade da Rússia, como informa Stephen Brook [The Guardian, 9/8/04]. Hoje, o WPP, com sede na Grã-Bretanha, não possui um mercado muito expressivo no país. Em seus outros mercados, ele dificilmente ocupa uma posição abaixo dos três primeiros lugares na lista das príncipais companhias de mídia. Na Rússia, estima-se que seja o quarto maior grupo em exercício. Com a fusão, que será chamada de WPP Russia, o grupo pretende unir suas operações no país – que incluem as agências de publicidade Ogilvy & Mather e Young & Rubicam e a firma de relações públicas Hill & Knowlton – com agências locais do Video International, que foi fundado por Mikhail Leskin, ex-ministro da imprensa e informação e atualmente conselheiro do presidente Vladimir Putin. A receita anual esperada pelo novo grupo é de 16 milhões de libras. As companhias do WPP representarão 40% da fusão, mas ele pagará alguns milhões de dólares ao Video International para ser dono de 51% do total da joint venture.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem