Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Governo acusado de manipular cobertura

14/10/2008 na edição 507

A Federação Internacional dos Jornalistas afirmou que investigaria as alegações de que o governo de Taiwan teria tentado manipular a cobertura local sobre o escândalo do leite em pó chinês contaminado. A secretaria de informação do governo taiwanês teria pedido a uma agência de notícias que mudasse sua cobertura sobre o caso. Os detalhes da acusação não foram divulgados.

Notícias sobre o escândalo do leite em pó adulterado, que matou pelo menos quatro crianças na China e levou ao recolhimento de produtos chineses de prateleiras em todo o mundo, geraram pânico em consumidores de Taiwan. Segundo Sam Grunhard, diretor da Federação, não houve uma interferência direta, ‘mas havia a mensagem clara de que o governo não estava satisfeito com as reportagens’. As autoridades do país declararam que a acusação da organização internacional é ‘infundada e enganadora’, além de ‘baseada em histórias falsas de repórteres que têm interesse nas questões levantadas’.

Não é a primeira vez que surgem alegações deste tipo. Com o objetivo de estreitar relações com Pequim, o governo de Taiwan teria ordenado, recentemente, que uma agência de notícias removesse um artigo crítico ao presidente Ma Ying-jeou e pressionado uma estação de rádio a baixar o tom contra a China. Taiwan saiu do controle direto da China em 1949. Informações de Ralph Jennings [Reuters, 13/10/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem