Quinta-feira, 24 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > FURACÃO SANDY

A cobertura na TV, jornais e redes sociais

Por lgarcia em 31/10/2012 na edição 718

Tradução e edição: Larriza Thurler

O furacão Sandy trouxe ventos fortes, chuvas pesadas e também milhões de telespectadores em casa para acompanhar as últimas informações. Na segunda-feira (29/10), a tempestade dominou o noticiário nos canais abertos e nos pagos. A Fox News registrou a maior audiência e a CNN obteve o maior número de telespectadores de 25 a 54 anos no horário nobre.

Ao longo da programação diurna (das seis da manhã às duas da tarde), a Fox News obteve um total de 2,28 milhões de telespectadores, com 528 mil de 25 a 54 anos. Já a CNN registrou 1,4 milhão de telespectadores, com 546 mil de 25 a 54 anos. No horário nobre, a Fox News registrou 3,5 milhões de telespectadores, com 875 mil nessa faixa etária. A CNN, por sua vez, obteve um total de 3,4 milhões (mais de um milhão nessa faixa etária). A MSNBC ficou em terceiro lugar, totalizando 1,4 milhão e 477 mil de 25 a 54 anos.

Entrega de jornais suspensa

Para os jornais, entretanto, a situação complicou-se para a entrega das versões impressas. Sete jornais da Advance Publications – The Star-Ledger, The Times of Trenton, The Jersey Journal, The Express-Times, The Gloucester County Times, Today's Sunbeam in Salem e News of Cumberland County – suspenderam  a entrega das edições de terça-feira (30/10), informou o publisher do Star-Ledger, Richard Vezza. Os jornais serão publicados online.

“Ainda estamos cobrindo esta tempestade histórica com todos nossos recursos em todas as nossas redações”, disse Vezza. “Felizmente, as atualizações essenciais estão em nj.com e as pessoas podem ficar antenados por meio de telefones, tablets ou computadores.” As edições online do The Star-Ledger eThe Times of Trenton estarão disponíveis gratuitamente, por meio de um cadastro.

Mídias sociais

Na segunda-feira, um usuário do Twitter com o apelido de @ComfortablySmug e 6,5 mil seguidores postou uma série de informações falsas na rede social sobre o furacão – desde planos de desligar totalmente a energia de Manhattan a alagamentos na Bolsa de Valores da cidade e nas maiores linhas de metrô, que ficariam fechadas por uma semana. Muitas mensagens eram assustadoras e confusas, mas algumas foram divulgadas como fatos por diversos veículos de mídia.

O suposto usuário seria Shashank Tripathi, que trabalha para a campanha do candidato Christopher Wight ao Congresso, e que acabou desculpando-se e retirando-se da campanha. Informações do Huffington Post [30/10/12], do The Star-Ledger [29/10/12] e de Doug Gross [CNN, 31/10/12].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem