Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > 2009 - MÍDIA & JORNALISMO

Gripe suína

29/12/2009 na edição 570

A pandemia teve início no México e se espalhou rapidamente pelo mundo. Como a mídia cobriu as perigosas manifestações do vírus H1N1.

** Entre a cobertura objetivae o cenário apocalíptico

** A notícia e a tentação do alarmismo – Luciano Martins Costa

** ‘Cansei’ das boas notícias – Roxana Tabakman

** Pandemônio na mídia – Luciano Martins Costa

** O espirro dos porquinhos – Richard Jakubaszko

** O perigo mora ao lado – Alberto Dines

** O apocalipse, a pandemídia – Gabriel Perissé

** Contar os mortos, disseminar o pânico – Luiz Antonio Magalhães

** A epidemia do alarmismo jornalístico – Celso Lungaretti

** Temporão elogia coberturada imprensa na gripe suína – Lilia Diniz

** O Globo veste marrom – Luciano Martins Costa

** Mantenha o pânico – Bruno Blecher

** A gripe suína e a imprensa – Eliana Reis

** Informação maciça sobre os cuidados – José Morais da Silva Neto

** A mídia e o paradigma da gripe – Fernando Barros

** Hábitos que matam… – Felipe Barth

** Tamiflu, o que é? A imprensa não explica – Paulo Rebêlo

** Confundindo pandemia com pandemônio – Michel Arbache

** Cadê a gripe suína que estava aqui? – LAM

** Quem é mesmo quem? – Washington Araújo

** Uma barriga monumental – Luiz Antonio Magalhães

** A falta de informação – Eduardo Wolff

** Folha não se emenda na gripe suína – Luiz Antonio Magalhães

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem