Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Gruner processará empresa por erro em tiragem

18/01/2005 na edição 312

A filial americana da editora alemã Gruner + Jahr anunciou que irá processar a empresa Publishers Communications Systems, que gerenciava parte das assinaturas de suas publicações. Segundo a editora, esta companhia forneceu, em 2003 e 2004, dados incompletos que fizeram com que 165 mil assinantes pagantes fossem classificados como se recebessem as revistas gratuitamente pelo Audit Bureau of Circulations, organização que afere tiragens nos EUA. O público que recebe revistas gratuitamente é menos valorizado pelos anunciantes e a circulação influencia diretamente o preço da publicidade. Por causa do erro da Publishers, a Gruner teria perdido algo próximo a US$ 10 milhões. Segundo a Reuters [12/1/05], os títulos afetados foram Fast Company, Parents, Child, e Family Circle.



Soldado julgado por fotos do Mirror

O soldado britânico Stuart MacKenzie, acusado de participar da produção de fotos falsas de um suposto abuso de prisioneiros iraquianos, enfrentará a corte marcial em abril. As imagens, que mostram um soldado urinando em um prisioneiro encapuzado, foram publicadas pelo jornal Daily Mirror, em maio do ano passado. A descoberta de que as fotos eram forjadas levou à demissão do editor responsável por sua publicação, Piers Morgan. MacKenzie, que serviu no Iraque em 2003 no Regimento Real Lancashire, depôs pela primeira vez sobre o caso em outubro. Informações de Dominic Timms [The Guardian, 11/1/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem