Sábado, 24 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1051
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Hearst investe em projeto colaborativo

15/07/2009 na edição 546

A companhia de mídia americana Hearst lança em duas semanas um amplo projeto de jornalismo investigativo com a participação de sete jornais e emissoras. A iniciativa é coordenada por Phil Bronstein, ex-editor do San Francisco Chronicle, e conta ainda com o editor investigativo Robert Port, do Times Union. Também participam representantes dos jornais San Antonio Express-News, Houston Chronicle, Greenwich Time, Stamford Advocate e Connecticut Post.


Este é o segundo projeto do grupo este ano. O primeiro, publicado em janeiro, tratava de escoteiros que contribuem com a devastação de grandes áreas florestais. Sobre o segundo trabalho, sabe-se que irá abordar uma questão de saúde. O tema detalhado, entretanto, não foi divulgado. Segundo editores dos jornais participantes, o projeto é importante porque resume um novo modelo de jornalismo investigativo. ‘Trata-se de um jeito muito mais eficiente de se começar algo. Você pega pessoas com diferentes níveis de experiência’, diz Bronstein, lembrando que novos projetos – desta vez com a participação de organizações investigativas independentes – já estão programados. Informações de Joe Strupp [Editor&Publisher, 14/7/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem