Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

MONITOR DA IMPRENSA > TV NA RÚSSIA

Humorístico alfineta o governo e os problemas sociais

29/03/2011 na edição 635

Policiais corruptos, políticos esbanjadores e médicos que tratam pacientes segundo o tamanho da conta bancária são material certo para o Hawa Russia (Nossa Rússia), programa que se tornou um raro exemplo de comédia televisiva que ousa criticar autoridades ou comentar problemas sociais do país. ‘[As piadas] são baseadas em nossas experiências pessoais’, diz o humorista Semyon Slepakov, um dos roteiristas.

O programa foi criado em 2006 como uma versão da série cômica britânica Little Britain. ‘Gostamos da ideia de poder falar sobre as pessoas que moram em nosso país, mas falamos sobre elas de maneira diferente. Temos muito de sátira social’, afirma Slepakov. O Hawa Russia é exibido no canal TNT, que pertence ao braço de mídia da gigante de energia Gazprom.

Alinhado com o governo

O roteirista ressalta que as críticas feitas no programa estão alinhadas com as políticas governamentais. ‘O que estamos fazendo vai de acordo com o que as autoridades estão dizendo. Afinal, elas lutam contra a corrupção, não? Elas também alegam que a polícia está em mau estado’, provoca. Na semana passada, por exemplo, o primeiro-ministro Vladimir Putin repreendeu governadores pelo fato de pacientes terem de pagar por assistência médica, pela falta de equipamentos básicos e pelas longas filas nos hospitais. Nesta temporada do Hawa Russia, um médico negligencia um paciente que está recebendo tratamento financiado pelo governo e dá total atenção a outro que está pagando do próprio bolso o tratamento – o que, segundo Slepakov, é uma situação comum no país.

Nos anos 90, a TV russa satirizava diretamente os políticos, como o então presidente Boris Yeltsin, em programas como o Kukly. Mas, na medida em que a TV ficou sob o controle rígido do Estado, depois que Putin se tornou presidente, em 2000, exemplos de comédia crítica tornaram-se escassos. Pelo fato do TNT ser um canal destinado a jovens, o programa é visto de uma maneira mais leve. ‘É entretenimento e serve para um propósito diferente no espectro ideológico, para manter o país feliz e otimista’, analisa o produtor de TV Peter Pomerantsev. Informações de Anna Malpas [AFP, 24/3/11].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem