Segunda-feira, 28 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

Imprensa sofre ataque em Hong Kong

03/08/2004 na edição 288

Oito veículos de comunicação de Hong Kong tiveram seus escritórios invadidos pelas autoridades do território chinês na semana passada. O ataque teria sido uma resposta da Comissão Independente Contra a Corrupção (ICAC, sigla em inglês) à divulgação, por estes veículos, do nome de uma das testemunhas de uma investigação da entidade. A imprensa teria violado a lei de proteção às testemunhas. Durante as invasões, documentos foram apreendidos. A Federação Internacional de Jornalistas [27/7/04] escreveu ao governo de Hong Kong pedindo uma investigação profunda do caso. Segundo a organização, que representa mais de 500 mil jornalistas em todo o mundo, a atitude da ICAC só pode ter como intenção intimidar a imprensa.



Vietnã condena ativista virtual

A justiça do Vietnã condenou a mais de dois anos de cadeia o ativista pró-democracia Nguyen Dan Que, preso em março de 2003 após divulgar na internet um artigo sobre o controle que o governo do país exerce sobre os meios de comunicação. Sua condenação é por ‘abusar dos direitos democráticos para ameaçar os interesses do Estado, e direitos e interesses legítimos de cidadãos e organizações sociais’. Segundo um funcionário judicial ouvido pela AFP, Que deve ser solto até setembro de 2005 devido ao tempo que já se encontra preso. Ele é o terceiro ativista condenado em julho por usar a internet para criticar o regime comunista, informa a BBC [29/7/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem