Domingo, 17 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

CADERNO DO LEITOR >

Jornais comemoram visita de Obama a Gana

14/07/2009 na edição 546

Os jornais africanos mostraram-se entusiasmados com a primeira visita oficial do presidente americano, Barack Obama, à África Subsaariana, no fim de semana [11 e 12/7]. Durante a semana passada, diversas publicações declararam ter esperança de que a visita contribua com o aumento da ajuda americana e um maior investimento na região.

O presidente e sua mulher, Michelle, chegaram a Gana na sexta-feira [10/7]. O país foi escolhido para a visita por conta de seu histórico de luta pela estabilização da democracia. ‘Obama, amamos e confiamos em você; é por isso que estamos tão ansiosos em fazer negócios com você’, escreveu o jornal ganês The Heritage, em editorial. ‘Bem-vindo a seu lar, irmão, mas sejam quais forem seus planos para esta terra que te apoiou todo este tempo, não esqueça que você deve lealdade a suas raízes’, declarou o Ghanaian Observer. ‘Esperamos que Obama encoraje o setor de negócios do seu país a lidar com o do nosso. Os setores agrícola e de minas de Gana precisam da participação internacional e é nossa esperança que os executivos que acompanham o presidente tenham algum tempo de sua agenda lotada para reuniões com executivos de nosso país’, dizia o editorial do diário New Democrat.

Papai Noel

Mas a mídia também alertou para o fato de o primeiro presidente negro dos EUA não poder resolver os muitos problemas do continente africano. O Independent chegou a afirmar que os EUA estão correndo atrás de seus objetivos e que Obama não veio apenas por um ‘bronzeado’. ‘Temos que abolir qualquer idéia de que este homem é um tipo de Papai Noel financeiro. Gana é onde os EUA querem estabelecer suas bases militares’, escreveu.

No Quênia – onde nasceu o pai do presidente –, Nigéria e África do Sul, os jornais interpretaram a decisão de Obama de escolher o Gana como o primeiro país Subsaariano a ser visitado como um recado sobre a performance democrática de seus próprios governos. ‘Deixe o homem ir para Gana. A mensagem de sua viagem é dizer a todos os líderes nigerianos para começar a tratar bem seu próprio povo, para se comportar bem, para ter boas eleições e para focar em uma boa administração’, afirmou o jornal da Nigéria Daily Guardian. ‘Muitos africanos querem palavras claras sobre as restrições de comércio que arruinam os fazendeiros africanos, como produtores de algodão em Mali. Até os mais devotos fãs de Obama sabem que o primeiro presidente negro americano – a quem eles adoram chamar de `filho da África´ – não pode resolver os muitos problemas do continente’, completou o Daily News, da África do Sul. Informações da BBC News [10/7/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem