Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > SUÉCIA

Jornais publicam cartum de artista ameaçado de morte

10/03/2010 na edição 580

Pelo menos três jornais suecos publicaram nesta quarta-feira (10/3) um polêmico cartum mostrando o profeta Maomé com o corpo de um cachorro depois que um suposto plano para matar seu autor foi descoberto na Irlanda. Quatro homens e três mulheres suspeitos de envolvimento no plano para assassinar o cartunista sueco Lars Vilks foram presos pelas autoridades irlandesas na terça-feira e identificados como dois argelinos, dois líbios, um palestino, um croata e uma mulher americana casada com um dos argelinos.


Vilks enfrenta ameaças de morte desde que o desenho foi publicado pela primeira vez, em 2007 – um ano depois da polêmica envolvendo cartuns do profeta publicados por um jornal dinamarquês. A lei islâmica refuta qualquer representação de Maomé por se opor à idolatria da imagem.


O jornal Sydsvenska Dagbladet afirmou que publicou o desenho de Vilks como parte de sua cobertura sobre o suposto plano de assassinato. O Expressen, por sua vez, disse que o publicou por seu valor jornalístico e também como uma declaração em defesa da liberdade de expressão. Já o Dagens Nyheter afirmou em editorial que o cartunista ‘não está sozinho neste conflito’, completando que ‘uma ameaça contra ele é, a longo prazo, também uma ameaça a todos os suecos’. Com informações da Associated Press [10/3/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem