Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Jornal compensará anunciantes por circulação inflada

24/08/2004 na edição 291

Belo Corporation, uma das três grandes companhias americanas que admitiram este ano haverem inflado o número de circulação de suas publicações, anunciou que pagará US$ 23 milhões aos anunciantes de seu diário The Dallas Morning News, como compensação por ter divulgado uma circulação maior do que era de fato no semestre encerrado em setembro de 2003. Os índices haviam sido inflados em 5% aos domingos e 1,5% nos outros dias da semana, admitiu a companhia. A Belo afirma que em seus dois outros jornais não foram encontradas irregularidades e que continuará investigando os procedimentos internos do Morning News. Além de receberem dinheiro, todos os anunciantes do período mencionado ganharão 5% do valor gasto em publicidade no jornal como bônus para novos anúncios. Até os anunciantes de classificados serão compensados. Todos que tiverem anunciado nos últimos 13 meses ganharão um anúncio de cinco linhas gratuitamente, informa o New York Times [17/8/04].



FCC deve oficializar multa à CBS

A batalha entre o polêmico episódio da ‘aparição’ do seio da cantora Janet Jackson na TV americana e a Comissão Federal de Comunicações (FCC, sigla em inglês) está prestes a chegar ao fim. No início deste ano, durante uma apresentação no Super Bowl – evento que concentra uma das maiores audiência na TV dos EUA – Janet teve parte de sua roupa arrancada pelo também cantor Justin Timberlake. Seu seio ficou à mostra por alguns segundos diante do público presente no estádio e das câmeras das emissoras da rede NBC, que transmitiam ao vivo o número musical. No mês passado, membros da FCC, liderada por Michael K. Powell, propuseram que fosse cobrada uma multa de US$ 550 mil à rede. Segundo Bill McConnell [Broadcasting & Cable, 19/8/04], a multa deverá ser anunciada formalmente até o fim de agosto. Les Moonves, vice-presidente da Viacom, grupo que controla a CBS, já avisou que entrará na justiça contra a FCC caso a multa por ‘indecência’ seja levada adiante. Há muita gente que espera que isso aconteça, diz McConnell, porque um briga entre peixes tão grandes poderia ser facilmente levada ao Tribunal Superior, o que faria com que a Comissão fosse obrigada a rever suas normas e restrições, consideradas muito severas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem