Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 27 E 28/12

Jornal do Brasil

29/12/2008 na edição 518

LÍNGUA PORTUGUESA

Deonísio da Silva

Na rua, de repente, eis o bispo, 29/12 

‘A felicidade não é 

indispensável, 

indispensável é 

o amor a Deus 

e ao próximo 

Ele já foi secretário municipal da Educação em Minas Gerais. Nomeado bispo por João Paulo II em 1989, é o sexto bispo de São Carlos, no interior de São Paulo, por escolha de Bento XVI. Estou numa banca de revistas ao lado da Catedral de São Carlos, pequena réplica da do Vaticano, quando encontro dom Paulo Sérgio Machado, que é irmão gêmeo de padre Sérgio Paulo Machado. 

Como o bispo é mineiro e eu tive e tenho amigos mineiros muito queridos, prosseguimos comentando os escritores que ambos conhecemos. Um deles, Luiz Vilela, fui conhecer apenas na Alemanha, quando ambos integramos a delegação brasileira de escritores que foi à Feira de Livros de Frankfurt. Vilela nasceu e vive em Ituiutaba,primeira diocese de dom Paulo Sérgio. 

Os alemães tinham dificuldades imensas de dizer que Vilela era de Ituiutaba. Diziam ‘Itututaba’, ’Ituibata’ ou algo parecido, mas ’Ituiutaba’ não saía. De mim, diziam que ‘Dionisos da Silhva’ era de ‘San Carlos, Santa Catarina’. Minhas primeiras palavras nas palestras corrigiam meu nome, confirmavam que eu realmente era de Santa Catarina, mas morava em São Carlos e era professor da ‘São Carlos Bundes Universität’. E lamentava, em péssimo alemão, naquele ano ainda pior do que é hoje, que ‘mein apparat ist kaputt’. ’Mein apparat ist kaputt’ (meu aparelho está quebrado) é frase que serve para quase tudo. O aparelho pode ser a cabeça do freguês, o fone de ouvido, o livro, o canivete suíço, os óculos e até o passaporte. 

Na Alemanha, nos desconcertavam tantas palavras em que havia o composto ‘gang’, como aufgang, repetida tantas vezes nas placas do metrô, do trem, das ruas etc, o que levou João Ubaldo Ribeiro a dizer que as cidades alemãs também estavam tomadas por ’gangs’. Ir à cidade: ‘einen Gang in die Stadt machen’. ‘In Gangen bringen’: fazer funcionar qualquer coisa. Uma programação ‘in Gangen sein’: em andamento. Engatar a primeira marcha do carro: ‘in den ersten Gangen schalten’.

Que a equipe que o novo bispo preside possa prover apoio a quem valoriza a transcendência do ser humano e mostrar aos incrédulos o quanto isso é importante. Afinal, não somos couve ou alface, ou rebanho a ser manipulado pelas correntes políticas de ocasião ou por hegemonia de algumas mídias. Catedral, igrejas e capelas não são silos, armazéns, depósitos. Há dois milênios são refúgio e possibilidade de recolhimento, necessidade fundamental, entretanto esquecida nos dias que correm. A felicidade não é indispensável, indispensável é o amor a Deus e ao próximo, os dois maiores mandamentos.

* Professor aposentado da UFSCar, vice-reitor de Cultura da Universidade Estácio de Sá.’ 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

Comunique-se

Jornal do Brasil

Terra Magazine

Agência Carta Maior

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem