Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

MONITOR DA IMPRENSA > HENRI CARTIER-BRESSON

Jornal faz homenagem inusitada ao mestre

31/08/2004 na edição 292

A edição de 22/8 do jornal Lincoln Journal Star, no estado de Nebraska, nos EUA, homenageou de maneira inusitada e criativa o fotógrafo Henri Cartier-Bresson, morto no início de agosto, e que completaria 96 anos na data. Além da publicação de uma foto tirada por ele em 1957 na cidade de Lincoln estampada na primeira página, todas as outras fotos publicadas em todas as seções do jornal estavam em preto e branco – até a cobertura olímpica entrou na dança.

A idéia foi do editor de fotografia Jim Colburn, que se juntou à equipe do Star em junho depois de uma experiência de sete anos como editor da revista Time em Washington. ‘Era uma idéia maluca que eu tinha há anos de que no aniversário dele todos os fotógrafos do mundo deveriam fotografar apenas em preto e branco’, contou. ‘Quando eu trouxe a idéia para cá, eles levaram à sério’.

Colburn é um grande admirador do trabalho de Cartier-Bresson. ‘Ele é o fotojornalista mais influente do século 20, e revolucionou o modo como as pessoas vêem fotografias’, justifica.

A concretização da homenagem deu algum trabalho e um pouco de custo adicional, afirmam os editores do jornal. Na semana anterior à edição dominical, foram publicadas notas dos editores alertando os leitores que a edição especial se aproximava. Se alguns leitores do Star nunca haviam ouvido falar em Cartier-Bresson, é capaz de que agora nunca o esqueçam, diz Joe Strupp [Editor & Publisher, 24/8/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem