Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

Jornalista perde apelação na Tunísia

02/02/2010 na edição 575

O jornalista tunisino Taoufik Ben Brik, crítico ao presidente Zine El Abidine Ben Ali, perdeu seu pedido de apelação contra uma controversa sentença de seis meses de prisão recebida em novembro. Brik foi condenado por agredir uma mulher em público; ele nega a acusação, e ativistas alegam que o caso foi forjado para silenciá-lo. O jornalista foi preso em outubro, depois de ter, supostamente, atirado uma mulher no chão, com socos e chutes, além de xingá-la e danificar seu carro. O presidente Ben Ali está no poder há 23 anos – conquistou no fim do ano passado seu quinto mandato. Informações da BBC News [30/1/10].

 

Sri Lanka revoga expulsão de correspondente

Um porta-voz do governo do Sri Lanka afirmou que o presidente do país revogou a expulsão da jornalista suíça Karin Wenger, que trabalha como correspondente do Sul da Ásia para a estação de rádio DRS. Karin havia recebido ordem de deixar o país no início desta semana sob acusação de ter prejudicado a imagem do Sri Lanka com reportagens ‘difamatórias’ e por fazer uma pergunta considerada sensível sobre uma possível fraude no resultado da eleição presidencial, durante uma coletiva de imprensa do governo. O presidente Mahinda Rajapaksa foi reeleito no pleito realizado na semana passada, e críticos acusam o governo de ter manipulado o resultado. Informações da AP [31/1/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem