Segunda-feira, 18 de Março de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1028
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Jornalista continua vivo, garante governo palestino

02/05/2007 na edição 431

O vice-primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Azzam al-Ahmed, afirmou, no início desta semana, que o jornalista britânico Alan Johnston continua vivo e que seus seqüestradores fizeram exigências que foram negadas pelo governo. Na quarta-feira (2/4), o primeiro-ministro Ismail Haniyeh declarou ter havido ‘progresso’ nas negociações com os captores. Correspondente da BBC em Gaza, Johnston foi levado em 12/3.


Al-Ahmed não especificou quem falou com os seqüestradores ou qual a certeza de que eles, de fato, têm o jornalista sob seu poder, mas indicou que houve contatos telefônicos anteriores com eles. No início do mês, um grupo pouco conhecido declarou que teria matado Johnston, mas não ofereceu provas. Na ocasião, o presidente palestino, Mahmoud Abbas, afirmou que tinha informações de que o repórter estava vivo.


Negociações


O seqüestro de Johnston segue a mesma linha de outras capturas de estrangeiros em Gaza nos últimos meses, mas tem preocupado as autoridades porque nunca a duração foi tão longa. ‘Nós esperamos que isso termine logo. Se não chegarmos a um acordo, a lei vai seguir seu curso; não importa o método que usaremos para encerrar esta questão que tem dado uma imagem ruim aos palestinos’, afirmou al-Ahmed, completando que os esforços para a soltura do jornalista chegaram a um ‘ponto sensível’.


O vice-primeiro-ministro descreveu os seqüestradores como uma gangue, mas não disse se houve pedido de resgate. Ele afirmou que eles estão tentando apresentar a abdução como um ‘ato ideológico’. ‘Parece que os seqüestradores sentem que estão em perigo real. Suas exigências mudam de tempos em tempos. Da nossa parte, todas as demandas apresentadas foram rejeitadas’, ressaltou. Já Haniyeh revelou que os negociadores palestinos teriam conseguido diminuir o número de exigências iniciais de sete para três – sem especificar quais seriam elas. Informações de Karin Laub [AP, 30/4/07] e de Ben Dowell [MediaGuardian, 2/5/07].


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem