Jornalista sugere que porta-voz recebe perguntas com antecedência | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > CASA BRANCA

Jornalista sugere que porta-voz recebe perguntas com antecedência

Por lgarcia em 21/03/2014 na edição 790

Tradução e edição: Leticia Nunes. Informações de Aaron Blake [“White House and its reporters rush to debunk claim about submitting questions in advance”, do blog Post Politics, The Washington Post, 20/3/14] 

Representantes da Casa Branca e repórteres que cobrem o governo americano foram rápidos em rebater a alegação de uma jornalista de uma emissora de TV local de que os correspondentes têm que submeter suas perguntas ao porta-voz Jay Carney antes das coletivas diárias.

Catherine Anaya, que trabalha na emissora KPHO, de Phoenix, no estado do Arizona, fazia parte de um grupo de jornalistas de veículos locais a quem o presidente Barack Obama concedeu entrevistas na quarta-feira [19/3]. Em sua reportagem, ela contou ter sido informada de que os correspondentes que cobrem a Casa Branca devem submeter suas questões a Carney e frequentemente recebem respostas por escrito antes das coletivas.

A existência de tal prática sugeriria que os briefings diários do porta-voz da Casa Branca são uma fraude, além de permitir a preparação do governo para questões mais duras. Logo, o vídeo se espalhou pela internet e as críticas começaram. Tão rápidas como elas foram as negativas dos correspondentes da Casa Branca, afirmando que isso não acontece. O próprio Jay Carney entrou no debate e, com bom humor, postou no Twitter mensagem dizendo que os briefings seriam muito mais fáceis se ele recebesse as perguntas dos repórteres com antecedência. 

 

Antes que a polêmica aumentasse, a jornalista que fez a alegação divulgou uma declaração dizendo que, apesar de ter entregue sua questão para o briefing da Casa Branca com antecedência, não quis dizer que esta era uma prática generalizada. “Eu fui, de fato, solicitada a entregar minha pergunta com antecedência. Porque a minha questão era, em grande parte, de interesse local, eu optei por guardá-la para a minha entrevista com o presidente”, afirmou Catherine, completando, “Eu não vou a estes briefings regularmente e não posso falar diretamente do processo para jornalistas não-visitantes”. Posteriormente, a KPHO-TV retirou a declaração da jornalista de seu site. Um editor da emissora afirmou ao BuzzFeed que o texto foi tirado do site porque ainda não estava pronto para ser publicado.

 

CBS 5 – KPHO

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem