Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > ÁFRICA DO SUL

Jornalistas brancos barrados em evento negro

Por Leticia Nunes (edição), com Larriza Thurler em 26/02/2008 na edição 474

Jornalistas brancos foram barrados em um evento patrocinado pelo Fórum de Jornalistas Negros nos arredores de Joanesburgo, na sexta-feira (22/2). Diversos repórteres – todos brancos – foram impedidos de entrar ou obrigados a deixar o lugar onde Jacob Zuma, presidente do partido de situação Congresso Nacional Africano, pronunciava um discurso. Jornalistas negros, indianos e de outras raças puderam participar.

A Comissão Sul-Africana de Direitos Humanos investiga o caso depois de receber uma queixa formal de uma estação de rádio que teve seu repórter expulso do evento. O incidente gerou controvérsia na África do Sul, com direito a comparações com as políticas racistas do Apartheid, sistema de segregação racial imposto no país durante a segunda metade do século 20.

Desvantagem

Diante da polêmica, o Fórum de Jornalistas Negros defendeu sua decisão de excluir os jornalistas brancos. Presidente do comitê do Fórum, Abbey Makoe afirmou à estação Talk Radio 702, que fez a reclamação formal, que, historicamente, jornalistas negros sempre estiveram em desvantagem e foram deixados de lado e, por isso, precisavam de um evento para debater separadamente seus problemas.

Zuma, que acusa a imprensa de parcialidade na cobertura sobre um escândalo de corrupção no qual está envolvido, disse a repórteres no evento que não via nada errado com a política de exclusão dos jornalistas brancos. Ele fez questão de ressaltar, entretanto, que a decisão foi tomada pelo Fórum. Zuma deve ir a julgamento em agosto por corrupção, fraude, lavagem de dinheiro e extorsão; ele é acusado de ter recebido centenas de milhares de dólares de suborno de uma empresa de armas francesa. O líder refuta as acusações e diz que o escândalo se trata de ‘conspiração política’ armada por pessoas próximas ao presidente Thabo Mbeki, derrotado por ele para a liderança do partido. Informações de Paul Simao [Reuters, 25/2/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem