Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > PALESTINA

Jornalistas proibidos de cobrir conflito

25/07/2005 na edição 339

O Sindicato dos Jornalistas Palestinos na Faixa de Gaza instruiu seus repórteres e fotógrafos locais a evitar cobrirem os conflitos entre o grupo radical Hamas e as forças de segurança da Autoridade Nacional Palestina (ANP), informa Klaled Abu Toameh, do Jerusalem Post [20/7/05]. Na declaração, o sindicato – que é controlado por integrantes do Fatah, principal facção da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) – disse que ‘fotos de alguns jornalistas que estão informando a opinião pública local e internacional não beneficiam a luta do povo palestino pela libertação e independência’.

O sindicato advertiu que qualquer um que violar suas instruções teria de suportar as conseqüências pessoais e legais dos seus atos. Referindo-se especificamente aos fotógrafos locais, o sindicato pediu para que eles coloquem os interesses nacionais e da Palestina acima de todas as outras considerações.

Esta não é a primeira vez que os jornalistas palestinos são impedidos de cobrir o conflito na Faixa de Gaza. Em julho do ano passado, eles reclamaram que o sindicato os baniu de cobrir as demonstrações contra a ANP na Faixa de Gaza. Na ocasião, alguns chegaram a receber ameaças de morte.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem