Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

MONITOR DA IMPRENSA > GEORGE POLK AWARDS

Jornalistas que divulgaram informações vazadas por Snowden são premiados

Por lgarcia em 20/02/2014 na edição 786

Tradução: Fernanda Lizardo, edição de Leticia Nunes. Com informações de Martin Pengelly [“Journalists who broke NSA story in Guardian receive George Polk Awards”, The Guardian, 16/2/14]

Os jornalistas que divulgaram as revelações de Edward Snowden sobre a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) receberam o prestigiado prêmio George Polk, da Universidade de Long Island, em Nova York. Glenn Greenwald e Ewen MacAskill, do britânico The Guardian, e a documentarista Laura Poitras receberão o prêmio pelas reportagens sobre segurança nacional, juntamente a Barton Gellman, do Washington Post.

No fim de maio de 2013, MacAskill, correspondente de longa data do Guardian, Greenwald, que na época era colunista do diário, e Laura, que atua como cineasta independente, viajaram para Hong Kong para se encontrar com Snowden, ex-colaborador da NSA, que havia fugido dos EUA com milhares de documentos sigilosos da agência. Os arquivos fornecidos por Snowden formaram a base das reportagens sobre as atividades de vigilância e espionagem da NSA nos EUA e no exterior.

"Os repórteres conversaram com Snowden para negociar a liberação do material e utilizaram sua vasta experiência na cobertura de assuntos de segurança nacional para explorar os arquivos furtados e revelar sua importância impressionante, descrevendo como a NSA recolheu informações sobre milhões de americanos incautos – e insuspeitos – a partir de dados de clientes de grandes empresas de internet como Yahoo e Google", dizia o comunicado que anunciava a premiação.

Em outubro de 2013, o Guardian já havia levado dois prêmios da Online News Association, também nos EUA, por seu trabalho sobre a vigilância da NSA. No mesmo mês, Greenwald anunciou que deixaria o jornal britânico para trabalhar com Pierre Omidyar, fundador do eBay, em um novo projeto de jornalismo investigativo, o First Look Media.

George Polk

O George Polk Awards foi criado pela Universidade de Long Island em 1949, em homenagem a um correspondente da CBS assassinado quando cobria a guerra civil grega no ano anterior. A cerimônia de premiação referente ao ano de 2013 acontecerá em 11 de abril, em Manhattan. “Na tradição do prêmio George Polk, muitos dos jornalistas que reconhecemos fizeram mais do que notícia. Eles ampliaram a consciência pública com uma detecção perspicaz e uma busca obstinada de histórias que, de outra forma, não teriam visto a luz do dia”, declarou John Darnton, curador da premiação.

A lista completa dos ganhadores do George Polk 2013 – são 30 profissionais de 15 veículos em 13 categorias – está disponível aqui.

***

Leia Também

O ano de Edward Snowden

“Não posso permitir que o governo destrua a liberdade da internet”

Impacto do que Snowden revelou vai perdurar por uma geração

Pressionado pelo governo, ‘The Guardian’ destruiu arquivos digitais

Por que o novo projeto de Glenn Greenwald é importante

Glenn Greenwald e Bill Keller trocam ideias e provocações

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem