Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > VIOLÊNCIA CONTRA JORNALISTAS

Judiciário fecha sítio de oposição no Irã

09/11/2004 na edição 302

A linha dura do poder judiciário do Irã ordenou que o sítio de notícias conservador Baztab fosse fechado depois de ter recebido reclamações de que ele estaria ‘publicando notícias falsas’, que seriam contrárias às diretrizes do Conselho Supremo de Segurança Nacional (SNSC) do país.

O coordenador do Baztab já havia se queixado anteriormente de que o SNSC tinha ordenado que o sítio fosse filtrado por causa do material que publicava a respeito do caso nuclear do Irã, sendo que o veículo só publicou o material que havia achado no resto da mídia iraniana.

Conforme reporta a AFP [1/11/04], autoridades iranianas proibiram recentemente os chamados ‘sítios ilegais’ e detiveram alguns jornalistas defensores de reformas no país. Uma moção aprovada pelo parlamento atraiu as atenções para os casos de oito jornalistas foram detidos por causas desconhecidas em levados a lugares não revelados.

O judiciário iraniano manteve uma firme posição reguladora frente à imprensa pró-reforma por vários anos, fechando jornais e detendo jornalistas freqüentemente. Cerca de 15 jornalistas estão presos no Irã atualmente.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem