Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Juiz rejeita segunda ação de Dan Rather contra a CBS

08/10/2009 na edição 558

Um tribunal de Nova York rejeitou, esta semana, um processo aberto pelo jornalista Dan Rather, em agosto, contra Leslie Moonves, presidente da CBS, e Andrew Heyward, presidente da CBS News. Esta é a segunda vez que Rather, ex-funcionário da rede americana, tenta processar os representantes da empresa. Ele acusa a CBS de violar seu contrato de trabalho ao diminuir sua atuação como apresentador depois de seu envolvimento em um escândalo no programa 60 Minutes, em 2005.


Na ocasião, foi produzida uma reportagem que afirmava que o então presidente George W. Bush teria recebido tratamento diferenciado quando serviu na Guarda Nacional, na década de 70. Os documentos em que o programa se baseou para fazer as alegações contra Bush tiveram sua veracidade questionada por blogueiros, o que acabou levando a uma investigação sobre a produção. No fim, a emissora não conseguiu provar que os papéis eram verdadeiros.


O juiz Ira Gammerman citou a decisão de um tribunal de apelações rejeitando a ação original de Rather, em que o jornalista pedia 70 milhões de dólares em danos, para ressaltar que não havia sentido julgar o mesmo caso. Os advogados de Rather pretendem apelar novamente. Informações do Los Angeles Times [7/10/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem