Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

Katrina levanta audiência nos EUA

04/10/2005 na edição 349

A cobertura do furacão Katrina ajudou a alavancar os índices de audiência das principais emissoras de TV a cabo americanas. CNN e MSNBC obtiveram seu melhor desempenho desde o começo da guerra do Iraque, em março de 2003, de acordo com dados divulgados pelo Nielsen Media Research na semana passada. A Fox News teve um aumento de 29% no horário nobre com relação ao mesmo período no ano anterior, atingindo a marca de 2.3 milhões de telespectadores. CNN chegou a 1.1 milhão no horário nobre, também com alta de 29%. MSNBC subiu 12%, com 471 mil telespectadores. Informações de Paul J. Gough [The Hollywood Reporter, 28/9/05].



Reclamações por obscenidade em queda

A Comissão Federal de Comunicações (FCC, sigla em inglês), órgão regulador das comunicações nos EUA, divulgou na semana passada seu relatório trimestral com o número de reclamações que recebeu no período. Depois do escândalo do seio da cantora Janet Jackson no Superbowl do ano passado, parece que as emissoras de TV e rádio americanas passaram a tomar mais cuidado com sua programação. A auto-regulação parece ter dado resultados. Segundo o relatório da FCC, o número de reclamações recebidas pelo órgão sobre obscenidade caiu de 157.016 nos três primeiros meses de 2005 para 6.161 no segundo trimestre do ano. Em 2004, o número de reclamações neste mesmo período foi de 272.818. Informações de John Eggerton [Broadcasting & Cable, 28/9/05].



Revistas de negócios ganham versão russa

Depois de Newsweek, Cosmopolitan e Vogue, é a vez das revistas ocidentais de negócios ganharem versões russas. Segundo informações do diário russo Izvestia, BusinessWeek e The Economist serão lançadas no país em breve, seguindo a tendência de aumento de interesse de investidores do ocidente no mercado local. Na semana passada, foi realizada em Moscou a Publishing Expo 2005, primeira feira profissional do setor editorial russo. O evento reuniu as principais editoras do país e especialistas ocidentais, que compartilharam experiências em seminários sobre o futuro da imprensa na Rússia. Informações da RIA Novosti [29/9/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem