Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1066
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Liberdade de expressão em risco

19/04/2011 na edição 638

A reunião de meio de ano da Sociedade Interamericana de Imprensa, realizada em San Diego, na Califórnia, terminou com uma triste conclusão: a liberdade de expressão está em risco em toda a América Latina. Segundo o relatório do encontro, que ocorreu de 6 a 9 de abril, jornalistas continuam a ser mortos, sequestrados, ameaçados e levados à justiça por conta de seu trabalho. Em muitos países há ainda o agravante da impunidade diante de crimes contra a imprensa. ‘O triste registro de jornalistas sendo mortos continuou a crescer durante os últimos seis meses na América Latina, onde o estado da liberdade de expressão deteriorou enormemente em quase todos os países, particularmente na Argentina e no Equador’, concluiu o relatório.

A organização ressaltou ainda a violência contra a mídia no México, ameaças de controle do governo na Venezuela e no Equador, ataques e leis de imprensa restritivas em vários países. Aos governos da Bolívia, Brasil, Colômbia, México e Peru foi emitido um pedido: que garantam que a justiça seja feita em casos de assassinato ou desaparecimento de jornalistas. Por fim, foi pedido ao México para honrar os compromissos de realizar reformas legais para tornar os crimes contra liberdade de imprensa ofensas federais. Com informações do Guardian [15/4/11].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem