Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

MONITOR DA IMPRENSA > CANADÁ

Maior cadeia de jornais do país é posta à venda

12/01/2010 na edição 572

A companhia canadense CanWest Global Communications declarou, na semana passada, a moratória de sua divisão de jornais, colocando à venda a maior cadeia de diários do país, noticia Ian Austen [The New York Times, 8/1/10]. A companhia ficou fortemente endividada ao entrar no mercado editorial e investir em diversos canais a cabo. A família Asper, que fundou e controla a CanWest, tenta manter o controle da divisão de emissoras. Em outubro, o grupo já havia colocado alguns bens sob proteção da corte.

Se não forem imediatamente encontrados compradores para os jornais, eles serão vendidos para um grupo de detentores de dívida assegurada, que controla atualmente pouco menos da metade da dívida da unidade de publicação. Assim, eles trocariam a dívida por direito de propriedade. Este grupo, no entanto, é dominado pelos cinco maiores bancos do Canadá e não seria sensato que eles controlassem os jornais por um longo período. ‘O grupo operaria sob uma estrutura mais equilibrada e viável, com encargos de dívidas menores, e a transição aconteceria o mais rápido possível’, disseram, em declaração, os titulares das dívidas.

Estima-se que a maior parte dos jornais da CanWest seja solidamente lucrativa. O National Post, jornal de Toronto fundado por Conrad M. Black e comprado pela família Aspers, não está incluído na moratória, mas deve ser comprado junto com os outros títulos.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem