Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > TIGER WOODS

… mas foi um prato cheio para revistas de fofocas

15/12/2009 na edição 568

A imprensa de celebridades não tem do que reclamar do escândalo em que se envolveu Tiger Woods. ‘Está vendendo revistas. Está aumentando o tráfego online. Enquanto Tiger estiver com problemas, a mídia estará se dando bem’, disparou sinceramente o veterano de relações públicas de diversas estrelas de Hollywood Howard Bragman.

Segundo ele, Woods seria agora um homem ‘perseguido’, pois não é visto desde que se envolveu no acidente de carro no dia 27/11. ‘Uma foto dele com as feridas no rosto por conta do acidente estaria valendo US$ 1 milhão’, opinou. Na opinião de Jim Bates, consultor de crises da empresa de advocacia Sitrick Bincko, a tentativa de Woods de escapar do frenesi da mídia não é realista, diante do fato que qualquer um hoje em dia pode tirar fotos de celulares e disponibilizá-las online em minutos. ‘A mídia de celebridades é muito competitiva e agressiva – e hoje muito mais que há 20 anos. A própria imprensa como um todo está envolvida em notícias de celebridades’, afirmou.

O golfista também está sendo alvo de humoristas. Há uma semana, ele foi tema de um quadro do Saturday Night Live e o apresentador Jay Leno está fazendo, todas as noites, uma contagem de quantas mulheres alegam ter dormido com Woods. Um site de comédia, o Daily Comedy, já reuniu mais de 500 piadas sobre o episódio.

No Reino Unido, no entanto, o atleta conseguiu uma ordem legal impedindo a mídia britânica de divulgar novos detalhes sobre sua vida pessoal, incluindo fotos dele nu ou envolvido em qualquer atividade sexual, após ser orientado por advogados londrinos. A iniciativa evita que informações já disponíveis na mídia americana sejam publicadas no Reino Unido. ‘Esta ordem nunca seria concedida nos EUA’, afirmou o advogado americano Mark Stephens. ‘É inacreditável que os advogados de Tiger Woods sejam capazes de impedir a mídia britânica de divulgar informações que já estão disponíveis livremente nos EUA’. Nos EUA, tablóides publicaram comentários de diversas mulheres – incluindo garotas de programa – que alegam ter tido relações sexuais com ele. Pelo menos uma publicação americana disse que recebeu ofertas de fotos de Woods pelado. Informações de Jill Serjean [Reuters, 12/12/09], de Afua Hirsch [The Guardian, 11/12/09] e de Pascal Fletcher [Reuters, 12/12/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem