Sábado, 23 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > EUA

Militares querem manter seu ‘jornalismo’

15/02/2005 na edição 316

A CNN [5/2/05] informa que o Pentágono tem planos de criar um terceiro sítio noticioso, além dos dois que já publica – um para o público dos Bálcãs e outro para o do Norte da África –, à revelia da recente ordem de George W. Bush para que órgãos do governo não paguem jornalistas para divulgar suas ações. As páginas do Pentágono publicam notícias esportivas, políticas e culturais supervisionadas por especialistas em ‘guerra de informação’, o que quer dizer que podem inventar fatos que atendam aos interesses americanos, diz a matéria da CNN.com. Para descobrir que os sítios são veículos oficiais dos EUA, o visitante tem que encontrar um pequeno link nas bases das páginas.

O Departamento de Defesa paga 50 freelancers para que produzam o conteúdo dos sítios. Documento recente assinado pelo vice-secretário de Defesa, Paul Wolfowitz, recomenda que só sejam contratados profissionais que ‘não reflitam descrença no governo dos EUA’.

O governo Bush acaba de enfrentar constrangimentos porque pagava a jornalistas para falem de suas ações, numa espécie de propaganda disfarçada. O porta-voz do Pentágono, Lawrence Di Rita, pediu ao inspetor-geral da instituição que verifique se os sítios jornalísticos contrariam a ordem do presidente para suspender esse tipo de medida.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem