Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > REALITY SHOW

Morte de rato provoca queixa criminal

08/12/2009 na edição 567

O chef de cozinha italiano Gino D’Acampo acabou metido em uma bela confusão ao resolver cozinhar um rato durante as gravações do reality show I’m a Celebrity… Get Me Out Of Here (Sou uma celebridade… me tire daqui, tradução livre). O programa é um jogo entre celebridades, que são levadas para uma ‘selva’ e têm que cumprir provas em busca de um prêmio em dinheiro para caridade.

A filial australiana da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals, organização de origem britânica que combate a crueldade contra animais (RSPCA, sigla em inglês), abriu queixa contra D’Acampo após o episódio do ‘risotto de rato’. Durante o programa, os participantes foram divididos em dois grupos e um deles foi obrigado a se alimentar apenas de feijão e arroz. O chef e o ator Stuart Manning, também acusado de crueldade, sugeriram capturar um rato para incrementar a refeição. ‘Eu vi um desses ratos correndo. Peguei uma faca e cortei sua garganta’, afirmou D’Acampo. Toda a equipe comeu a iguaria e, aparentemente, gostou do prato.

A RSPCA da Austrália afirmou, entretanto, que é inaceitável que um animal tenha sido morto como parte de uma perfomance para um programa de TV. D’Acampo – que acabou saindo vitorioso no reality, que terminou na semana passada – e Manning receberam uma notificação para comparecer a um tribunal australiano em fevereiro e responder pela ofensa de crueldade contra animais. Na segunda-feira [7/12], o canal britânico ITV, responsável pelo programa, desculpou-se pelo ocorrido, ressaltando não saber que a morte do rato seria considerada uma violação criminal. Informações da AFP [6 e 8/12/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem