Sábado, 24 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1051
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Nepaleses presos em protesto contra censura

13/06/2005 na edição 333

Mais de 50 jornalistas foram presos em Katmandu quando protestavam contra as restrições sofridas pela mídia no Nepal desde a instalação do estado de emergência no país, em fevereiro deste ano. Os manifestantes foram detidos na quarta-feira (8/6) quando seguiam em direção ao palácio real, mas liberados no dia seguinte, informa a AP [9/6/05].

O rei Gyanendra dissolveu o congresso e assumiu controle total do Nepal sob a justificativa de conter a insurgência maoista. O estado de emergência foi suspenso no fim de abril, mas o rei manteve seus poderes e a censura à imprensa não foi afrouxada.

Neste período, sítios de internet foram fechados, jornalistas foram presos e estações de rádio, proibidas de veicular conteúdo noticioso. A imprensa é proibida também de publicar qualquer texto crítico a Gyanendra ou referente aos rebeldes maoistas, que tentam transformar o país em uma república comunista.

A manifestação na capital foi organizada pela Federação de Jornalistas Nepaleses, que pede que a liberdade de imprensa seja restaurada. Em Biratnagar, segunda maior cidade do Nepal, jornalistas têm protestado lendo boletins noticiosos por alto-falantes. Com informações da BBC [8/6/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem