Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

MONITOR DA IMPRENSA > TELETIPO

News Corp. mudará sede para os EUA

02/11/2004 na edição 301

A mega-corporação de mídia News Corp., de Rupert Murdoch, terá sua sede transferida da Austrália para os EUA, onde obtém 75% de seu faturamento, informa a Reuters [25/10/04]. Após longo processo de convencimento dos acionistas, Murdoch conseguiu fazer com que 90% deles fossem a favor de que a companhia passasse a ter seus papéis negociados na bolsa de Nova York. Com isso, o mercado acionário australiano perdeu sua maior empresa – a News Corp. está avaliada em US$ 48 bilhões. Ela nasceu a partir de um jornal na cidade de Adelaide e hoje se expande por todo o mundo com subsidiárias do porte dos estúdios 20th Century Fox e a rede de TV Fox. Murdoch vive desde os anos 70 nos EUA e é americano naturalizado.



Anunciado o fim do canal CNNfn

A rede americana CNN anunciou que acabará com seu canal econômico CNNfn, noticia a AP [28/10/04]. Lançado em 1995, quando o mercado financeiro estava em alta, ele estava disponível em apenas 30 milhões dos 110 milhões de lares com televisores nos EUA. O fim de um contrato com a operadora de TV por satélite Directv possivelmente faria com que esse número se reduzisse mais ainda. Quando estourou a bolha da internet, CNNfn e sua concorrente CNBC, ambas especializadas em notícias de Wall Street, entraram em decadência. Recentemente, a subsidiária da CNN, que chegou a ter um plano de alteração de nome para CNN Money, havia mudado seu foco de mercado financeiro para finanças pessoais. Sessenta postos de trabalho devem ser eliminados com o fim do canal, mas a companhia promete criar 100 novos empregos com as mudanças que pretende implementar no canal Headline News.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem