Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº991
Menu

MONITOR DA IMPRENSA > BBC

Novos documentários prometem polêmica

06/04/2004 na edição 271

Uma das mais respeitadas instituições de mídia no mundo, a BBC, mais que nunca, está se dedicando ao que melhor faz: documentários. Agências de Inteligência britânica e americana que lutaram contra o terrorismo perpetrado pela al-Qaeda inspiraram uma série da BBC potencialmente controversa transmitida pela primeira vez em Cannes em 29/3/04.

A corporação, de acordo com Owen Gibson [The Guardian, 29/3/04], uniu forças com as americanas TNT e Fox para produzir The Grid, programado para chegar às telinhas no final do ano, em três episódios de 90 minutos. A história, dirigida por Mikael Salomon, um dos diretores por trás da aplaudida série Band of Brothers, se passa na Europa, na África e nos EUA. A série traça o progresso de um grupo de agentes do MI5 e do MI6 que se uniu aos americanos da NSA, CIA e FBI para uma perseguição mundial a seus inimigos invisíveis, dos depósitos de petróleo da Nigéria ao metrô de Nova York.

Desenvolvida pela produtora independente Carnival – a mesma que fez a série Traffic em 1989 e que deu origem ao filme homônimo com Catherine Zeta Jones e Michael Douglas –, The Grid deve ser um dos documentários mais caros da BBC neste ano.

Auschwitz revisitada

A BBC está produzindo o que chama de ‘história definitiva televisionada de Auschwitz e do Estado nazista’. Em co-produção com a KCET Hollywood, a corporação pretende usar técnicas surpreendentes e simulações computadorizadas como as empregadas nos últimos documentários sobre o assunto, a fim de dar ao espectador uma visão total do horror dos campos de concentração nazistas.

Como outras reconstruções históricas feitas em documentários, a BBC contará em peso com depoimentos de testemunhas oculares, inclusive com sobreviventes de Auschwitz. O programa será exibido em uma série de seis episódios de 50 minutos cada, de acordo com informações de Owen Gibson [The Guardian, 30/3/04]. Roteiro e produção estão nas mãos de Laurence Rees, que também produziu o aclamado documentário War of the Century and Nazis – A Warning from History (‘A Guerra do Século e os Nazistas: Um alerta da História’). A reconstrução, porém, não deve ser transmitida antes do ano que vem.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem