Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > JORNAL EM CRISE

NYT estréia anúncio na primeira página

07/01/2009 na edição 519

Leitores do New York Times foram surpreendidos, na manhã de segunda-feira (5/1), com um anúncio publicitário na primeira página do jornalão. Outros jornais americanos já haviam se curvado a este apelo comercial – o Wall Street Journal começou a utilizá-lo em julho de 2006 –, mas esta foi a primeira vez para o Times.


O motivo para a mudança? A crise que atinge o setor jornalístico, com as já manjadas justificativas de perda de leitores e anunciantes para a internet e, conseqüentemente, diminuição de receita. O jornalão ainda atrai três milhões de leitores diariamente, mas os lucros da New York Times Company caíram 22% em novembro em comparação ao mesmo período de 2007. Nas últimas semanas, o grupo hipotecou o prédio sede do jornal, em Manhattan, e uniu seções do diário. A decisão de publicar um anúncio da emissora de TV CBS na parte de baixo da primeira página – ocupando as seis colunas – é apenas mais uma tentativa de contornar a crise.


A CBS aproveitou o ineditismo – e a importância – da situação e intitulou a peça ‘Notícia de Primeira Página’. A fonte do título é maior que a fonte das manchetes (de verdade). Em um comunicado, o jornal afirmou que irá publicar anúncios apenas na metade inferior da primeira página, ‘abaixo da dobra’. Leitores tradicionais, que viam na primeira página do Times um bastião dos padrões editoriais, não devem ter ficado satisfeitos com a mudança. Ainda que costume ser criticada pela diagramação pobre, a página era tida como modelo de excelência editorial. Informações de Ed Pilkington [The Guardian, 6/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem